Notícias da paróquia › 07/06/2021

Sagrado Coração de Jesus

Na próxima sesta sexta-feira 11 de junho a Igreja celebra a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus.

A missa da Solenidade do Sagrado Coração de Jesus na paróquia acontecerá na comunidade Matriz Sant’Ana às 19:30hs na comunidade Matriz de Sant’Ana com a participação das Zeladoras do Apostolado da Oração e será transmitida pela pagina da paróquia no facebook https://www.facebook.com/santanadecampinas.

A Solenidade do Sagrado Coração de Jesus é uma das três solenidades do tempo comum, comemorada na segunda sexta-feira após Corpus Christi.

Celebrar o Sagrado Coração de Jesus é celebrar a plenitude do amor de Deus por cada um. A celebração da solenidade é o convite à retribuição desse amor a Jesus, vivendo segundo a sua vontade e trabalhando com a igreja pela salvação das almas.

Na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, é celebrado o Dia de Oração pela Santificação do Clero.

História da Devoção ao Sagrado Coração de Jesus

A Igreja instituiu a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, que é celebrada pela Igreja na sexta-feira seguinte ao segundo domingo depois de Pentecostes. Segundo desejos do próprio Jesus Cristo manifestados à Santa Margarida Maria Alacoque, este dia deve ser de reparação, pela ingratidão, frieza e desprezo que sofreu na Eucaristia. Jesus apareceu numerosas vezes a Santa Margarida Maria Alacoque, de 1673 até 1675, para falar sobre a devoção ao seu Sagrado Coração, a “grande devoção”

. Há diversas formas de devoção ao Coração de Jesus. Entre elas: a consagração pessoal, que, segundo Pio XI, “entre todas as práticas do culto ao Sagrado Coração é sem dúvida a principal”; e também, a consagração da família.

Dos colóquios de Santa Margarida com Jesus, distinguem-se 12 promessas. São elas:

  1. – A minha bênção permanecerá sobre as casas em que se achar exposta e venerada a imagem de meu Sagrado Coração.
  2. – Eu darei aos devotos do meu Coração todas as graças necessárias a seu estado.
  3. – Estabelecerei e conservarei a paz em suas famílias.
  4. – Eu os consolarei em todas as suas aflições.
  5. – Serei seu refúgio seguro na vida e, principalmente, na hora da morte.
  6. – Lançarei bênçãos abundantes sobre todos os seus trabalhos e empreendimentos.
  7. – Os pecadores encontrarão em meu Coração fonte inesgotável de misericórdias.
  8. – As almas tíbias se tornarão fervorosas pela prática dessa devoção.
  9. – As almas fervorosas subirão em pouco tempo a uma alta perfeição.
  10. – Darei aos sacerdotes que praticarem especialmente essa devoção o poder de tocar os corações mais empedernidos.
  11. – As pessoas que propagarem esta devoção terão os seus nomes inscritos para sempre no meu Coração.
  12. – A todos os que comungarem nas primeiras sextas-feiras de nove meses consecutivos, darei a graça da perseverança final e da salvação eterna.

(Fonte: Paulinas)