Caixa Único, Partilha de Irmãos

CAIXA ÚNICO

Compreendendo o Caixa Único

O projeto de um Caixa Único na vida da paróquia visa ser um novo jeito de organizar os recursos financeiros utilizados para a manutenção da paróquia e suas comunidades, para a solidariedade e para a Evangelização.

Na Palavra de Deus vemos que as primeiras comunidades “Dividiam seus bens com alegria, e colocavam tudo em comum”. Assim sendo podemos compreender que o Caixa Único na vida da paróquia mostra que todas as comunidades pertencem a um único corpo, que é a Igreja, do qual Cristo é a Cabeça. Este sinal de unidade deve ser a expressão do trabalho da paróquia com um Caixa Único.

O Caixa Único trabalha com uma única conta que será administrada por uma Equipe Econômica composta de agentes leigos, pelo Diácono e pelo Pároco. Caberá a esta equipe o trabalho de planejar e distribuir os recursos de acordo com as necessidades da paróquia.

Lembramos que nas últimas três assembleias paroquiais foi votado a PARTILHA como prioridade para a caminhada da paróquia. Na visita Pastoral de 2007, Dom Bruno Gamberini (in memoriam) pediu a reorganização administrativa das paróquias. Com tudo isto se dá necessidade da Criação do Caixa Único, que é uma realidade em várias paróquias da Arquidiocese.

Melhorando o uso dos recursos para as Comunidades

O Caixa Único não visa tirar dinheiro da comunidade e deixa-la sem nada. O dinheiro do Caixa Único será distribuído conforme as necessidades de cada comunidade. Todas as contas das Comunidades, água, luz, Taxa de recolhimento de lixo serão pagas em sistema de débito automático pelo Caixa Único. Haverá uma reserva para que cada comunidade possa adquirir material litúrgico e outros pequenos gastos semanais como ornamentação e limpeza. Após o pagamento das contas parte dos recursos será repassada para a Formação de Agentes de Pastoral, para o trabalho de caridade e solidariedade. Por fim a soma restante será destinada a Construção de novos espaços em nossas comunidades.

Caberá a Equipe Econômica controlar todas estas divisões de maneira que ninguém fique sem, bem como estabelecer as prioridades.

O Dízimo

O Dízimo é um preceito Bíblico e cada Comunidade continuará fazendo este trabalho. Os valores dos dízimos e coletas arrecadados serão colocados em COMUM para as necessidades da evangelização, da caridade e da manutenção dos espaços de nossas comunidades.

Os paroquianos poderão continuar entregando seu dízimo na comunidade onde participa.

Imprevistos e Urgências

Todas as necessidades de imprevistos e urgência como destelhamento, dano na rede elétrica ou de água deverão ser atendidas pelo Caixa Único, ou pelo restante que sobrou no caixa da comunidade.

Construções

Toda nova construção exige um planejamento e caberá a Equipe Econômica planejar e elencar as prioridades com relação à construção ou reforma dos templos e centros de pastorais das comunidades.

Concluindo

O Caixa Único é um projeto Administrativo, mas, sobretudo Pastoral uma vez que irá exigir mais planejamento e clareza na distribuição dos recursos.

Através do Caixa Único a paróquia dá um testemunho de unidade e comunhão e nos faz entender que somos uma família, a FAMÍLIA de DEUS.

O projeto do Caixa Único entra em vigor no mês de Agosto e estará em fase de experiência pelo período de 01 ano.